Posts Tagged ‘Timberland’

Força nos pés

15/11/2009

Quem nunca trocou uma roupa inteira por não encontrar “nada legal” para calçar que atire a primeira pedra. Eu, particularmente, sou assim! Penso no calçado em conjunto com a roupa, se não estou afim ou se vejo que não está legal, mudo a roupa inteirinha: meias, calça, camiseta e camisa. Não adianta, escolher sapato é mesmo bem difícil!

Resumindo toda a história, atribuem aos egípcios à criação dos primeiros calçados – ponto para eles! O que sabemos é que, depois disso, a coisa evoluiu e sugiram os sapatos de salto, com pedras, os de verniz, de plástico, de lona, de pano e por aí vai… É modelo de calçado que não acaba mais.

Com o passar do tempo, os calçados foram ganhando glamour e passaram a significar muito para as pessoas. Que mulher nunca desejou ostentar um salto alto com solado vermelho-sangue, digno de Christian Louboutin?

As desejadas solas vermelhas de Christian Louboutin

O fato é que os calçados podem salvar – ou destruir, uma produção completa. Gosto de tênis coloridos, de coisas diferentes, de sapatos legais. Quando não estou inspirado, jogo toda a atenção pros meus pés, truque que sempre dá certo. Jeans, camiseta básica e tênis colorido!

Sneaker da Nike multicolorido

Mais modelos da Nike

As tachinhas que já marcam presença nas ruas e passarelas há algumas estações, agora estampam sandálias de salto e podem ir do jeans ao luxo.

Sandália da Doc Dog em parceria com a Studio TMLS

Sandália da Doc Dog em parceria com a Studio TMLS

Sandálida da Arezzo

Outro exemplo de calçado feminino que vai bem com tudo são os scarpins, principalmente, os coloridos – as cores cítricas estão com tudo neste verão.

Modelo da Schutz

Modelo da Schutz

Não só para os homens, os docksides voltaram com força total.

Dockside da Timberland vai bem com tudo

Dockside da Timberland vai bem com tudo

dockside - dos homens para as mulheres - timberland

Dockside Timberland - dos homens para as mulheres

docksides tradicionais - maria bonita

Clássicos da Maria Bonita

Outros modelos que ressurgiram das cinzas, são os polêmicos mocassins e as temidas babuches – que citei aqui. Isso sem falar no sapato oxford que nunca sai de cena…

h-by-hudson-male-arrow-punc-cap-oxford-leather-upper-in-black

Oxford clássico

Schmoove Rich Twin Oxford Shoes

shoe-7

Oxford para as mulheres - Melissa by Alexandre Herchcovitch

Já que estamos falando de calçados, estão sabendo que Paris Hilton acabou de assinar uma coleção de sapatos para noivas? Pois é, a patricinha resolveu ampliar suas funções. Agora, além de: modelo, cantora, dançarina, estilista, designer de jóias e atriz, ela também é designer de calçados!

Paris Hilton para as noivas

São quatro modelos de sapatos, todos de salto alto, que têm o preço médio de US$ 120. Quer saber?! Eu gosto e acho que vale para todo mundo e não só para as noivas. E vocês, o que acharam?

Anúncios

Eco fashion

13/09/2009

Com o avanço do aquecimento global e com o agravamento da crise econômica mundial, ficou em voga um conceito chamado SUSTENTABILIDADE, que significa algo ecologicamente correto, economicamente viável, socialmente justo e culturalmente aceito.

Muito se discute sobre o conceito de sustentabilidade, mas pouco se sabe o que realmente significa na prática. “É possível falar de moda e sustentabilidade ao mesmo tempo? Mas, a moda não é aquela vilã que mata animaizinhos indefesos para retirar-lhes suas peles e fazer casacos?” Se você se fez estas perguntas, ao se aproximar deste post, está na hora de mudar os seus conceitos, meu amigo.

Separar o lixo, plantar feijãozinho em potinho plástico e cultivar sua própria horta é essencial, mas não basta! Hoje já é possível, literalmente, vestir a camisa da sustentabilidade.

Atentos a este nicho de mercado, os estilistas e as grandes indústrias fashion resolveram tornar a moda sustentável acessível a todo público. Eles perceberam que, para isso, não basta apenas escrever “Save the Earth” ou “A Terra pede socorro” em camisetas comuns e, muito menos, somente apoiar o Greenpeace. É necessário se fazer sustentável de verdade! É preciso mudar os processos, alterar os meios e renovar a matéria-prima.

Quando imaginamos que seria possível usar camisetas feitas com fibra de garrafa pet? Pois é, nunca passou pela minha cabeça, quando eu tinha uns 10 anos, mas agora é possível e eu já tenho algumas camisetas assim. O tecido pouco se difere do 100% algodão e continuam confortáveis.

Hering básica sustentável

Hering básica sustentável

Hering feita com garrafa pet

Hering feita com garrafa pet

E usar tênis com solado de pneu? Quem pensou nisso? Roupas íntimas produzidas com fibras de bambu então? Esse eu aposto que ninguém imaginou.

Rainha Eco

Rainha Eco

Sneaker Adidas sustentável

Sneaker Adidas sustentável

Adidas Grün

Adidas Grün

Pois é, nós não pensamos nisso, mas pensaram por nós e, hoje, é mais do que possível comprar peças ecologicamente corretas.

Isso sem falar nas ecobags. Vocês sabem como funcionam, né? Não use sacolas plásticas ao ir ao mercado, leve sempre sua ecobag – feita em tecido ecologicamente correto ou em lona reciclada.

Ecobag na passarela da Louis Vuitton

Ecobag na passarela da Louis Vuitton

Grandes marcas como Adidas, Hering, Hope, Osklen, Timberland, Rainha e até Stella McCartney, estão fazendo sua parte. Os produtos são bem legais, mas os preços não são muito parecidos com os das peças normais, já que, geralmente, essas peças são produzidas em baixa escala. Para saber mais sobre o guarda-roupa sustentável, vale a pena ler esta matéria da Época.

Bota da Timberland - forro feito a base de garrafas pet e solado produzido com borracha reciclada

Bota da Timberland - forro feito a base de garrafas pet e solado produzido com borracha reciclada

Tênis da Osklen feito de Couro de Peixe - a parte não utilizável do peixe

Tênis da Osklen feito de Couro de Peixe - a parte não utilizável do peixe

Timberland ecologicamento correto

Timberland ecologicamento correto

Uma prova de que o uso da eco fashion é cada mais recorrente é o livro “Ecobags – Moda e Meio Ambiente” , um registro fotográfico  da exposição “Eu Não Sou de Plástico“, com sacolas não-descartáveis assinadas por grandes grifes e designers que teve a curadoria de Lilian Pacce.

Capa do livro

Capa do livro “Ecobags - Moda e Meio Ambiente”

A orelha do livro ficou na total responsabilidade de Oskar Metsavah, da Osklen, que escreveu: “Acredito que só é possível falar de sustentabilidade se houver união entre seus aspectos social, ambiental e econômico, um necessariamente exercendo influência sobre os outros, compondo um todo indissolúvel”.

E, para finalizar, uma frase célebre: “Sustentabilidade é uma palavra que não se sustenta se você não ficar em pé“. Alguém discorda?