Posts Tagged ‘estilo’

A mais bem vestida de 2009

03/01/2010

E a mais bem vestida de 2009, segundo a Vogue.com, éééé:  Alexa Chung. O título surpreende pouco, pois consagra o que todos já sabiam e esperavam… Alexa roubou a cena em 2009!

Filha de mãe inglesa e de pai chinês, Alexa começou a trabalhar cedo como modelo. Com o tempo, a modelo foi ganhando notoriedade e, em 2009, ganhou um programa na MTV americana, o It’s On With Alexa Chung – um talk show diário, onde Alexa recebe celebridades para entrevistas e brincadeiras. Tudo isso colaborou para que, neste ano, a inglesa de 25 anos se tornasse a mais nova queridinha da América do Norte.

Alexa consegue transformar um simples look com shorts jeans e camiseta surrada em roupas de desejo para inúmeras garotas… Isto é um dom? Eu diria que não, mas é uma tarefa apenas para as It Girls.

Alexa sabe das coisas e utiliza os truques de proporção a seu favor sempre… Abusa dos shortinhos, das pernas de fora, da cintura marcada e dos camisetões.

A MTV americana, que também não é boba, fez até um blog, o “O que Alexa Chung Usou Hoje” – espaço onde falam de todas as peças que compuseram o look da apresentadora no programa do dia.

E quem levou o segundo lugar da lista da Vogue.com foi a atriz Audrey Tautou, que fez o papel da estilista Coco Chanel no cinema com o longa Coco Avant Chanel.

E quem figura o terceiro lugar da eleição é Sarah Jessica Parker, que mostra o poder de influência que a sua personagem de Sex and the City exerce em seu estilo.

Para os mais curiosos, vale a pena acessar a lista completa aqui.

E aí, quero saber se vocês concordam com este pódio?

Marcos – @rabiscando

Anúncios

O que eu quero parecer?

21/12/2009

Que a moda é uma forma de expressão todo mundo já sabe e tá cansado de ouvir, porém, refletimos pouco sobre a maneira como podemos usar os artifícios do vestuário para transmitir uma mensagem condizente com o que somos. Ora, estou falando do embate entre “imagem projetada x imagem real”. Será que eu passo a idéia do que realmente sou? Será que minhas roupas condizem com a maneira com a qual quero ser visto?

Não é a toa que, a cada dia, mais e mais pessoas contratam os serviços de um personal stylist – um consultor de estilo e imagem que adequa o visual de uma pessoa à imagem que ela pretende passar. O que assusta é o crescente número de crianças que passam a se preocupar com isso antes da hora… É normal vermos meninas se preocuparem em se arrumar para ir para o colégio e se adequar as modinhas da idade, por exemplo, mas acho anormal uma garota de 05 anos contratar um consultor para aprender a se arrumar. Cada idade precisa de uma preocupação e, na minha opinião, com 05 anos a única preocupação que uma criança deve ter é a de se divertir e de aprender a conviver em sociedade, SÓ!

Pensando em satisfazer as expectativas desse público, que sabe a importância de ser bem visto, o Shopping Cidade Jardim, em São Paulo, conta com personal shoppers – profissionais  que auxiliam a escolha dos looks de acordo com o corpo, bolso e estilo de cada cliente. Além disso, as personal shoppers também ajudam na hora de escolher um item para dar de presente.  Muito bacana! E sabem o que é mais legal, é que duas das personal shoppers são a Cris e a Fê, do Oficina de Estilo – blog que a gente ama!

Pode parecer demais, mas enganam-se os que pensam que só nós, meros mortais, temos dúvidas e sofremos ao abrir o guarda-roupa. Querem ver alguns cases de sucesso, quando falamos em personal stylist?

Quem não se lembra cantora Wanessa Camargo no início da carreira? Cabelos longos e claros, roupas cheias de fendas e decotes… Um desastre que em nada faz lembrar o que ela se tornou. Wanessa já passou por inúmeras “transformações” e hoje exibe um visual mais rocker, mais contemporâneo e com pitadas bem fashionistas.

Barriga de fora e piercing no umbigo: um MUST

E a ex-BBB mais famosa e bonita de todas? Estou falando da Grazi Massafera! É quase impossível se lembrar da então atriz global naquela casa cheia de câmeras… Tirando a humildade e os pés no chão, Grazi deixou para trás todo o seu passado de menina do interior.

A moça era fã da barriga de fora, dos decotes e dos cabelos longos e amarelados. Ainda bem que as pessoas evoluem, não? Hoje, Grazi aprendeu que é possível ser sexy, sem ser vulgar e abusa dos shorts e minivestidos.

antes e depois

Outra ex-BBB que mudou completamente e também merece atenção, neste quesito, é a Iris Stefanelli… Quem consegue esquecê-la com aquelas flores horríveis na cabeça? É, ela mudou!

"Oi? Olha como eu tô melhor!"

Vamos um pouco mais longe agora? Falo de Amy Winehouse! Ela era mais cheinha, mais saudável e poderia até ser mais bonita, mas faltava atitude. Ela não se encontrava no seu estilo anterior, ela não era o que parecia ser.

Eu não posso terminar um post sobre mudanças de estilos sem citar Stefani Joanne Angelina Germanotta, é esse o nome de batismo da musa: a Lady Gaga!

Lady Gaga é natural de New York, tem só 23 anos e dá muito o que falar. Para mim, é a artista da década, do século, enfim, de todos os tempos! E, óbvio, que parte de todo esse sucesso se deve ao personal stylist… Apenas com o seu talento, a americana seria apenas mais uma “gostosinha” cantando pop, assim como Britney Spears, Christina Aguilera e companhia…

O personal da cantora é ninguém mais, ninguém menos que Nicola Formichetti – o japonês já passou por inúmeros veículos de moda e hoje está a frente de várias publicações direcionadas ao público masculino. Nicola tem site, blog, twitter e está sempre em contato com o seu público, mostrando, inclusive, cada peça que utiliza.

Antes da fama e antes de Nicola, que diferença, não?

2006. Capa do primeiro CD

2009. Capa do último CD - parece outra pessoa...

Por meio do figurino, a cantora pretende mostrar uma nova realidade

Sempre polêmica, Lady Gaga solta fogo pelos "mamilos"

Em apresentação para a Rainha Elizabeth, Lady Gaga usa referências da corte

Sobre a escolha dos looks da nova queridinha do pop, Nicola é categórico: “precisa ser algo que nunca ninguém tenha visto antes, algo que seja ultrajante e que talvez algumas pessoas odeiem. Isso é o que amo na Lady Gaga, é bem parecido com meu trabalho”.

Lady Gaga e seu personal stylist não se importam se alguns odeiam seus figurinos

E então, você já pensou na imagem que deseja passar em 2010?

Para ler ouvindo:


Não troque de roupa

18/10/2009

Você conseguiria passar dias e dias com a mesma roupa? E se te fizessem o desafio de usar uma mesma peça durante um mês? Você conseguiria ficar tantos dias usando a mesma camiseta, por exemplo? E se te deixassem trocar os acessórios? Assim fica mais fácil, mas será que dá?

Inspirado pelo The Uniform Project – iniciativa de uma blogueira, que prometeu usar o mesmo vestido por um ano, para arrecadar doações para um projeto educacional na Índia, o Fantástico resolveu propor um desafio como este para cinco brasileiras de cinco estados diferentes.

Não parece, mas é o mesmo vestido

Não parece, mas é o mesmo vestido

O programa da Rede Globo distribuiu vestidos iguaiszinhos (e super sem graça quando usados sem nada) para cinco meninas que gostam de moda e que têm estilo. As garotas terão que ficar 21 dias com o mesmo vestido, só podendo tirá-lo para tomar banho e dormir, ou seja, devem usá-lo durante o dia, à tarde e, inclusive, à noite. Difícil? Nem tanto…

Todos os domingos, no quadro “5 meninas e 1 vestido”, o Fantástico mostra como as meninas se saíram durante a semana e Glória Kalil dá a sua opinião. Vamos ver quem são essas meninas e como elas estão se saindo?

Clara

A Clara, do Recife, é estudante de jornalismo. Começou tímida, mas agora está começando a se soltar. Ainda não se mostrou perfeitamente, mas gosta de cores e de sentir confortável!

CLARA RECIFE 00

Adorei o que ela fez com o vestido todo estampado por baixo! Também achei muito original essa “camisetinha” que ela fez com o vestido.

CLARA RECIFE 01

Julia

A Julia é carioca e estuda moda. Logo do início conseguimos perceber que a garota do Rio gosta de luxo e de estar sempre bem arrumada. Julia faz bastante sobreposições e até que está se saindo bem…

JULIA RIO DE JANEIRO

Manu

A Manu é estudante de publicidade e propaganda e mora em Curitiba. Manu também começou meio tímida, mas agora está até conseguindo ousar.

MANOELA CURITIBA 02

Como podemos ver, Manoela ama cintura marcada.

MANOELA CURITIBA 01

Juliana

A Juliana é de Goiânia e ainda está no Ensino Médio. Ju é uma das meninas que está me agradando mais, sem medo de errar, ela mistura acessórios, muitas cores e, na minha opinião, é a que está interferindo mais no vestido. To adorando ver!

JULIANA GOIANIA

Vic

Vic é de São Paulo e cursa o Ensino Médio. A ruiva é bem urbana, tem um estilo que remete bastante ao rock e está me agradando bastante! Vic adora preto, saias curtíssimas e meias de todos os tipos.

VIC SAO PAULO 1

A Vic também é fã do xadrez e das tachinhas que a gente tanto ama.

VIC SAO PAULO

E aí, quem você acha que está se saindo melhor? De que estilo você gostou mais? Eu, particularmente, estou adorando a criatividade da Juliana, de Goiânia, e o estilo super urbano da Vic, de São Paulo.

Quer dar a sua opinião? Então, acesse o site do Fantástico e vote na sua favorita. No final, o programa fará uma surpresa para a vencedora!

E aí, será que você conseguiria se virar com a mesma peça por mais de um dia? Dê o seu comentário.

O novo básico

03/08/2009

Em tempos de crise, o barato torna-se o básico da moda! É o indispensável “pretinho básico” cedendo espaço às peças mais baratas e não menos interessantes.

Não, isso não significa que as pessoas deixaram de se vestir bem e muito menos que foram do luxo ao lixo. Gastar pouco não é sinônimo de vestir-se mal.

“Finalmente! O barato é o novo preto!”. Charge do “The New Yorker”.

“Finalmente! O barato é o novo preto!”. Charge do “The New Yorker”.

Nos últimos dias 27, 28 e 29, aconteceram os desfiles do Mega Polo Moda. O evento é inspirado nas grandes semanas de moda, porém, seu foco é voltado para outro público. O Mega Polo Moda é uma espécie de shopping, ou melhor, um conglomerado com cerca de 400 lojas atacadistas, localizado no bairro do Brás, conhecido pelo intenso comércio de roupas, em São Paulo. Esta semana de moda apresenta aos consumidores e lojistas de vários lugares do país as tendências da próxima estação e mostra que este setor ganha cada vez mais destaque no cenário da moda brasileira.

Como é de se imaginar, as peças apresentadas não possuem nada conceitual, ou seja, os looks são essencialmente comerciais e é exatamente essa característica que o público do evento aprecia, além do preço, claro!
Organizado como qualquer outra semana de moda do país, o evento possui um line-up recheado de marcas e conta também com um casting estrelado. Na última edição, nomes como Isabella Fiorentino, Isis Valverde, Carlos Casagrande e Murilo Rosa, desfilaram para algumas marcas.

Mega Polo Moda: roupas baratos e na moda.

Mega Polo Moda: roupas baratas e na moda.

Outra alternativa para compor um visual legal sem gastar muito são os brechós que, cada vez mais descolados,  invadiram de vez o cenário da moda no Brasil. Ao comprar em um brechó, você consegue assegurar que poucas pessoas terão uma peça parecida com a sua. No entanto, é preciso saber garimpar! Senão, você acabará levando gato por lebre ou não encontrará nada bacana. Para evitar que esse tipo de situação aconteça, a ex-VJ e atual apresentadora da Fashion TV, Carla Lamarca, e suas sócias, Samantha Barbieri e Daniela Klaiman, inauguraram nesta semana uma loja com um novo conceito, a Super Cool Market . A loja compra e vende roupas semi-novas e, além disso, disponibiliza um espaço para coleções de novos estilistas e ainda produz, a cada estação, peças que estejam super na moda com a etiqueta da Super Cool Market.

Interior da Super Cool Market e camisas produzidas pela marca própria.

Interior da Super Cool Market e camisas produzidas pela marca própria.

O que faz com que a Super Cool Market não seja um brechó é o processo de seleção pelo qual as peças que serão vendidas no espaço precisam passar, as sócias só aceitam peças que estejam na moda. A loja nasceu para incentivar a reciclagem e reutilização das roupas, contribuindo assim para a redução do impacto social e ambiental gerado pela produção têxtil.

A Super Cool Market possui ainda um projeto que determina que as peças não comercializadas em 30 dias serão doadas para uma instituição diferente todos os meses. As sócias querem que o novo negócio seja um tipo de fast fashion com preços mais baixos.

Samantha Barbieri, Carla Lamarca e Daniela Klaiman

Samantha Barbieri, Carla Lamarca e Daniela Klaiman

Outra forma de compra e venda de roupas que vem crescendo muito no Brasil são os chamados Outlets. Inspirados em modelos internacionais, estes lugares reúnem peças de coleções passadas de estilistas e marcas renomadas e vendem tudo a um preço muito mais em conta do que nas lojas. Para conhecer vários Outlets e saber o que se pode esperar de cada um deles, incluindo preços e produtos, vale a pena consultar esta matéria publicada no site da Elle.

Um grande exemplo da ascenção deste mercado em terras tupiniquins é o recém-inaugurado Outlet Premium, que fica próximo à São Paulo e disponibiliza quase 90 grifes internacionais e nacionais a preços bem camaradas.

Outlet Premium

Outlet Premium

A novidade agora é que os Outlets partiram também para o mundo virtual. É cada vez mais comum acharmos clubes de compras na internet que vendem marcas legais a preços mais legais ainda. Exemplo desses clubes são o Privalia, o BrandsClub, o SuperExclusivo e o Coquelux. No entanto, para participar de alguns destes clubes é necessário ser convidado por um membro, o que não é tarefa tão difícil assim, outros destes sites possuem até lista de espera, onde a qualquer momento você poderá ser convidado a adentrar o mundinho do comércio eletrônico segmentado.

Apesar do “bum!” das compras online, não podemos esquecer também de visitar as lojas e, principalmente, as boas e velhas de departamento, que são sempre as melhores alternativas para quem quer gastar pouco. É possível comprar roupas legais na C&A, na Renner, na Riachuelo ou na Marisa, por exemplo? Sim, é mais do que possível! Independente do lugar em que você faça compras, o que realmente conta é o bom senso e o bom gosto!

Já está mais do que na hora de tirarmos esta cultura de que roupa barata é sinônimo de cafonice! Para conferir produções baratinhas feitas em lojas de departamento pelo pessoal do Chic, site da Glória Kalil, clique aqui, aqui, aqui e aqui.

De fato, etiqueta não significa bom modelo e, muito menos, boa qualidade. Tanto que, recentemente, a C&A estabeleceu uma parceria com o renomado estilista brasileiro Reinaldo Lourenço e, juntos, lançaram uma coleção feminina que ferveu nas lojas. Talvez quem procure ainda encontre algo nas araras da C&A.

Coleção do Reinaldo Lourenço para a C&A.

Coleção do Reinaldo Lourenço para a C&A.

Para finalizar este enorme post, indico para as pessoas que gostam de promoções que sigam o BazarPop, um site onde você encontra as melhores alternativas de bazares, liquidações, promoções, lojas e produtos, ou seja, um guia de compras completo que vale a pena consultar sempre!

É…  Viram só?! A moda está cada vez mais democrática por isso, hoje, só se veste mal quem quer!

Marcos