Archive for the ‘sustentabilidade no alvo da moda’ Category

“FarmVille” Fashion

15/10/2009

Calma, eu não vou falar do aplicativo do facebook que simula uma fazendinha e, por sinal, está fazendo muito sucesso no Brasil; eu vou falar é do último desfile da Chanel na semana de moda francesa!

Algum dia você imaginou ver Chanel em meio a montes de feno? E ver Chanel sem às suas clássicas pérolas? Se você acha tudo isso muito improvável, está precisando mudar o seu conceito, meu caro amigo.

Lily Allen surpreende no desfile da Chanel

Lily Allen surpreende no desfile da Chanel

Em seu último desfile na semana de moda francesa, a Chanel deu o que falar ao vestir suas modelos com roupinhas campestres e proporcionar a todos uma verdadeira festa na fazenda. Quem imaginaria ver Karl Lagerfeld no meio do campo? É… o estilista surpreendeu muita gente, fez bonito e ainda disse à imprensa que, hoje em dia, falamos tanto em ecologia, mas é preciso combiná-la com sofisticação, para que não vire pretexto para relaxar e abandonar a disciplina física (sic). Ééééé, meus caros, bem-vindos ao século XXI!

Além disso tudo, outra surpresa foi a aparição da cantora pop Lily Allen – que anunciou recentemente o seu desejo de parar com a carreira de cantora. Lily, acompanhada de uma banda bem campestre, cuidou da trilha sonora do desfile e mandou muito bem! Ponto pra Lily, ponto pra Chanel e ponto pro Karl, confiram um trecho do desfile:

Para Karl, o Verão 2010 vem com cheiro de campo e cheio de cores pastel (sim, o “pastel” não fica no plural, neste caso!). Vamos aguardar para comprovar. Enquanto isso, vejamos algumas fotos:

00540m

Ponto negativo duvidoso:

Babuche?

Babuche?

Alguém, pelo amor de Deus, me promete que as babuches não vão voltar? Se as babuches voltarem à moda, é fácil que ressurjam também os tamancos de madeira da Carla Perez, da Tiazinha, da Eliana, da Sheila Carvalho… Vocês se lembram disso? Melhor fazer de conta que não, né?! Haha

Eco fashion

13/09/2009

Com o avanço do aquecimento global e com o agravamento da crise econômica mundial, ficou em voga um conceito chamado SUSTENTABILIDADE, que significa algo ecologicamente correto, economicamente viável, socialmente justo e culturalmente aceito.

Muito se discute sobre o conceito de sustentabilidade, mas pouco se sabe o que realmente significa na prática. “É possível falar de moda e sustentabilidade ao mesmo tempo? Mas, a moda não é aquela vilã que mata animaizinhos indefesos para retirar-lhes suas peles e fazer casacos?” Se você se fez estas perguntas, ao se aproximar deste post, está na hora de mudar os seus conceitos, meu amigo.

Separar o lixo, plantar feijãozinho em potinho plástico e cultivar sua própria horta é essencial, mas não basta! Hoje já é possível, literalmente, vestir a camisa da sustentabilidade.

Atentos a este nicho de mercado, os estilistas e as grandes indústrias fashion resolveram tornar a moda sustentável acessível a todo público. Eles perceberam que, para isso, não basta apenas escrever “Save the Earth” ou “A Terra pede socorro” em camisetas comuns e, muito menos, somente apoiar o Greenpeace. É necessário se fazer sustentável de verdade! É preciso mudar os processos, alterar os meios e renovar a matéria-prima.

Quando imaginamos que seria possível usar camisetas feitas com fibra de garrafa pet? Pois é, nunca passou pela minha cabeça, quando eu tinha uns 10 anos, mas agora é possível e eu já tenho algumas camisetas assim. O tecido pouco se difere do 100% algodão e continuam confortáveis.

Hering básica sustentável

Hering básica sustentável

Hering feita com garrafa pet

Hering feita com garrafa pet

E usar tênis com solado de pneu? Quem pensou nisso? Roupas íntimas produzidas com fibras de bambu então? Esse eu aposto que ninguém imaginou.

Rainha Eco

Rainha Eco

Sneaker Adidas sustentável

Sneaker Adidas sustentável

Adidas Grün

Adidas Grün

Pois é, nós não pensamos nisso, mas pensaram por nós e, hoje, é mais do que possível comprar peças ecologicamente corretas.

Isso sem falar nas ecobags. Vocês sabem como funcionam, né? Não use sacolas plásticas ao ir ao mercado, leve sempre sua ecobag – feita em tecido ecologicamente correto ou em lona reciclada.

Ecobag na passarela da Louis Vuitton

Ecobag na passarela da Louis Vuitton

Grandes marcas como Adidas, Hering, Hope, Osklen, Timberland, Rainha e até Stella McCartney, estão fazendo sua parte. Os produtos são bem legais, mas os preços não são muito parecidos com os das peças normais, já que, geralmente, essas peças são produzidas em baixa escala. Para saber mais sobre o guarda-roupa sustentável, vale a pena ler esta matéria da Época.

Bota da Timberland - forro feito a base de garrafas pet e solado produzido com borracha reciclada

Bota da Timberland - forro feito a base de garrafas pet e solado produzido com borracha reciclada

Tênis da Osklen feito de Couro de Peixe - a parte não utilizável do peixe

Tênis da Osklen feito de Couro de Peixe - a parte não utilizável do peixe

Timberland ecologicamento correto

Timberland ecologicamento correto

Uma prova de que o uso da eco fashion é cada mais recorrente é o livro “Ecobags – Moda e Meio Ambiente” , um registro fotográfico  da exposição “Eu Não Sou de Plástico“, com sacolas não-descartáveis assinadas por grandes grifes e designers que teve a curadoria de Lilian Pacce.

Capa do livro

Capa do livro “Ecobags - Moda e Meio Ambiente”

A orelha do livro ficou na total responsabilidade de Oskar Metsavah, da Osklen, que escreveu: “Acredito que só é possível falar de sustentabilidade se houver união entre seus aspectos social, ambiental e econômico, um necessariamente exercendo influência sobre os outros, compondo um todo indissolúvel”.

E, para finalizar, uma frase célebre: “Sustentabilidade é uma palavra que não se sustenta se você não ficar em pé“. Alguém discorda?