Archive for novembro \29\UTC 2009

Moda do cão

29/11/2009

Calma, não se espante com o título deste post, pois o assunto a ser abordado aqui não é nada assustador, eu prometo! ;)

Quem está acostumado a acompanhar revistas de moda notou que, há tempos, os cachorros começaram a invadir os editoriais mais importantes do mundo e não pense que são apenas aqueles peludinhos pequenos não, há cachorros de todos os tipos e tamanhos e, na maioria das vezes,  eles são bem grandinhos, viu?

Querem um exemplo? Vejam o editorial da Vogue Paris de Junho/2009:

Depois dos editoriais, os cachorros saltaram para as campanhas. Um exemplo? Vejam a campanha do inverno 2009/2010 da francesa Hermès. A propaganda traz a brasileiríssima Raquel Zimmermann com um filhote lindo na bolsa.

Seguindo a linha “cachorrismo”, Danilo Costa, desfilou pela segunda vez na Casa de Criadores e, mais uma vez, encantou! Danilo continua muito emotivo, mas, desta vez, buscou inspiração nas competições caninas. Resultado: uma moda masculina bem fofa e, mesmo assim, com personalidade.

Eu que adoro t-shirts e nem preciso dizer que me apaixonei pela que tem a frase “I wanna be your dog“, né?

A cartela de cores, pouco menos colorida que a da coleção anterior, foi composta por preto, azul, cinza mescla e branco. Coisa jovem! Danilo mostrou ainda cachecóis, macacão, meggings, cardigã, sobretudo, colete, suspensório e shorts bem curtinhos.


Na passarela, eles – sim, os cachorros – em carne e osso, fizeram bonito!

Eu, particularmente, gostei bastante da coleção do Danilo Costa, mas acredito que ele ainda amadurecerá bastante. Vamos acompanhar, ok?

Sobre o “cachorrismo”, eu e o Bento – meu maltês de 09 meses – adoramos, tá?

Fotos do desfile do Danilo Costa: Marcelo Soubhia/ Ag. Fotosite

Anúncios

O primeiro dia no PUB

29/11/2009

Pessoal, peço desculpas pela minha falha ontem, pois não consegui postar o meu texto aqui. Mas vou explicar a correria…

Ontem,  acordei às 5h para ir trabalhar e às 9h30 encontrei com umas amigas para irmos passear em Notting Hill. Andamos a feira de Portobello inteirinha de novo e almoçamos lá! Andamos das 10h até às 15h e no meio do caminho fiquei sabendo o horário que tinha que comparecer ao pub… Tinha que estar lá às 17h, para uma reunião de staff,pois os convidados especiais da inauguração iriam começar a chegar às 20h.

Cheguei em casa às 16h, tomei um banho correndo, comi alguma coisa e sai de casa. Chegando lá, vi o bar inteirinho decorado com posters de bandas famosas inglesas e tudo muito bem escolhido. A banda já estava passando o som no palco e todo o pessoal do staff era  ingles, todos bem jovens (de 19 à 24 anos) e pelo que entendi, são filhos e conhecidos de conhecidos deles. Um pessoal que fala o inglês como é falado aqui, nativo: rápido, meio enrolado e fechado. Eu entendi algumas coisas, mas expliquei que estava aqui para estudar inglês e bla bla bla… Todos foram muito receptivos comigo.

A primeira coisa que tive que fazer foi ajudar a repor as bebidas nos refrigeradores e geladeiras. O depósito fica no subsolo e foi um sobe e desce de escada com caixas e caixas de bebidas… Depois, ajudei a abrir garrafas de champagne e colocar em taças, que seriam servidas aos convidados assim que chegassem à festa de inauguração do pub. Às 7h30 tudo estava pronto e os primeiros convidados começaram a chegar…

Por ter sido o meu primeiro dia,  fiquei ajudando a recolher os copos, colocá-los nas maquinas de lavar e repor os copos nos seus devidos lugares, pois para cada cerveja há um copo diferente e na verdade, quando começa a loucura todo mundo faz um pouco de tudo. Eu só nao mexi na caixa registradora, peguei os pedidos no balcao e pint the beer (tirar a cerveja daquelas máquinas), mas aos poucos vou aprender de tudo.

Quando o bar lotou e a banda começou o show foi uma loucura, mas eu que estou acostumada a trabalhar com eventos, estava super em casa. Eu adorei, mas minhas pernas no final do dia estavam acabadas… No final do expediente, recebi meu primeiro salário pelas horas trabalhadas e o din din me animou muito, além da oportunidade de praticar meu inglês com pessoas nativas e aprender um monte de coisas novas.

Antes de ir embora, todo mundo que trabalha no bar tem direito a um drink e às 2h30 da madrugada fizemos um brinde! Estavam todos tão felizes e eu bebi uma Smirnof Ice, que é bem fraquinha, pois afinal decontas ia voltar de ônibus e fazia tempo que não tinha comido nada…

Na volta esperei o ônibus por 5 minutos e veio lotado. E em 2 minutos já estava na minha casa quentinha.

Amanhã o bar estará mais tranquilo e vou aprender a tirar as cervejas do pint!!!

Se der tento tirar uma fotos com o celular para postar aqui depois. Estou cansadinha, mas feliz!

Um beijo a todos e até semana que vem, sem atrasos… (da minha parte) =)

Talento pra tudo

27/11/2009

Ontem assisti à um programa que conta a história de artistas que fizeram muito sucesso mas que já se foram.A princípio pensei em apenas colocar o clipe de uma música que é muito especial pra mim. A letra é simples  e fala de coisas que se completam e que não tem sentido se não estiverem juntas.

Mas procurando o clipe nos meus arquivos, encontrei um talentoso artista que fez uma sátira dessa música e portanto achei muito mais interessante mostrar à vocês.

Curtam !

Música:Fico Assim Sem Você

Avião sem asa
Fogueira sem brasa
Sou eu assim sem você!

Futebol sem bola
Piu-piu sem Frajola
Sou eu assim sem você!

Porque é que tem que ser assim?
Se o meu desejo não tem fim
Eu te quero a todo instante nem mil auto-falantes vão poder falar Por mim!

Amor sem beijinho
Buchecha sem Claudinho
Sou eu assim sem você!

Circo sem palhaço
Namoro sem amasso
Sou eu assim sem você!

Tô louco pra te ver chegar
Tô louco pra te ter nas mãos
Deitar no teu abraço
Retomar o pedaço que falta no meu coração…

(Refrão)
Eu não existo longe de você
E a solidão é o meu pior castigo
eu conto as horas pra poder te ver
Mas o relógio tá de mal comigo

Eu não existo longe de você
E a solidão é o meu pior castigo
eu conto as horas pra poder te ver
Mas o relógio tá de mal comigo
Por quê?
Por quê?

Neném sem chupeta
Romeu sem Julieta
Sou eu assim sem você!

Carro sem a estrada
Queijo sem goiabada
Sou eu assim sem você!

Por que é que tem que ser assim?
Se o meu desejo não tem fim
Eu te quero a todo instante nem mil auto-falantes vão poder falar Por mim!

(Refrão)
Eu não existo longe de você
E a solidão é o meu pior castigo
Eu conto as horas pra poder te ver
Mas o relógio tá de mal comigo!!

Eu não existo longe de você
E a solidão é o meu pior castigo
Eu conto as horas pra poder te ver
Mas o relógio tá de mal comigo!
Por que? nenenhê !!
Por quê? iê… iê….

Eu não existo longe de você
E a solidão é meu pior castigo
Eu conto as horas pra poder te ver
Mas o relógio tá de mal comigo!!

Eu não existo longe de você
E a solidão é o meu pior castigo
Eu conto as horas pra poder te ver
Mas o relógio tá de mal comigo
Por quê?
Por quê?

Beijocas

Maine

Teorema de Carlão? Que diabo é isso?

25/11/2009

Vou pegar carona no texto da minha parceira Dri Perroni e falar de uma banda. Diferente da Nutshell, que está tentando um lugarzinho ao sol, a banda Pedra Letícia já conseguiu alguns 15 minutinhos de sucesso. Parte deles no Programa do Jô, exibido na última terça-feira. Eu, inclusive, já falei desses caras no meu outro blog, mas como ouvi a música deles novamente – e morri de rir sozinha novamente – resolvi dividir esse momento HILÁRIO com vcs.

As músicas são sensacionais. A mais famosa, que deu o start na banda, leva o nome “Teorema de Carlão”. Ok, ok! É uma música beeeem para meninos. Um bom conselho para eles, eu diria. Têm algum preconceito com baranga? Mulher feia? Gordeta? Então tratem de mudar o conceito já! O refrão da música diz: “Pegue uma barangaaa, diga que a amaaaa, chama pra assistir DVD…. Detone a Juliana Paes, critique a Alline Moraes, declama eu prefiro você…” É SENSACIONAL!!!
Eu coloquei a música aí embaixo pra vcs. Vale à pena prestar atenção. E se vcs curtirem, como eu, têm chance de assistir a um show da banda goiana. Os caras tocam no dia 08/12, no Lanterna, em SP.
Ah, claro, sigam @pedra_leticia no Twitter.

Bjos
Fui
@linene

Ei você ai!
Isso vai mudar sua vida então,
Tente me ouvir,
Eu melhorei pra valer
Com o Teorema de Carlão
Eu vou passar para você
São quatro horas da manhã de sexta
E você não tem quem pegar
Eu vou te dar uma dica seu besta
Olhe pra lá e veja aquela moça
Aquela bem baranga
Ela diz problema
Ela tem bigode
Sem falar na pança
Tente entender
Ela quer ser feliz como você
Ela também tem coração
então faça uma boa ação!

REFRÃO:

Pegue uma baranga
Diga que a ama
Chama pra assistir DVD
Detona a Juliana Paes
Critica a Alline Moraes
Declama:”EU PREFIRO VOCÊ!”

O Peso dos Estereótipos

23/11/2009

Para o bem e para o mal, os estereótipos estão aí.

Alta, magra, gorda, alta, baixinha, certinha, feia, bonita… vixi poderia enumerar aqui inúmeros deles. O fato é que somos “estereotipados” o tempo todo e às vezes, muitas vezes, não é tão simples lidar com isso!

Porque aceitar a maneira como os outros te veem e te descrevem pode ser difícil e até cruel. Como diz a música do Cazuza, “te chamam de ladrão, de bicha, maconheiro…” e por aí vai. Eu, por exemplo, já superei alguns dos estereótipos que tive ao longo da minha vida, os quais não gostava, mas tem outros que acho que a gente sempre carrega. De modo geral, as pessoas me dizem que tenho um jeito meigo, carinhoso, que sou a menina (não mais menina é claro) certinha. Ontem até ouvi isso de uma pessoa e foi o que me despertou para tratar desse tema no post de hoje.

Passados tantos anos, eu ainda é claro que com as devidas proporções aparento ser a menina certinha… e ser a certinha significa não ser a “porra louca”, a que diz o que pensa quando pensa… enfim também não quero ser a “errada”, mas o rótulo de certinha não me agrada muito. Mas por que? O que há de errado em ser a certinha? bom nada, mas a questão é que rótulos realmente desagradam.

Fico pensando então se somos o que somos e ponto ou se somos aquilo que dizem que parecemos ser. Hoje conversando com o terapeuta sobre isso descobri que sou o que eu penso de mim, além do que os outros pensam de mim e esse é o pior: o que eu acho que os outros pensam de mim. Isso é o grande pepino, porque pode te afastar muito da realidade e fazer criar teorias malucas.

Enfim, é claro que precisamos do outro pra validar nossas características, as melhores e piores, mas até que ponto esses estereótipos refletem realmente quem você é?

Aliás, depois da conversa que tive hoje cedo com o querido Paulo vou terminar o assunto dizendo e assumindo: sou certinha mesmo, alta, magra, um tanto careta… mas e daí? se não fosse não seria eu… então que se danem os estereótipos. O que vale é a gente ter convicção do que somos de bom e ruim e também não ser egocêntrico o bastante para não dar importância para o que os outros pensam da gente! Afinal, tudo isso, a influência social, o que aprendemos em casa, a nossa educação determinam o que somos hoje. E tá falado!

Um bom dia a todos!

Shirlei Marina

Cabeça feita…

22/11/2009

É com pesar que admito que precisaremos nos acostumar com o calor agora, afinal de contas, o frio só volta no ano que vem. Ah! O verão… Como eu odeio esta estação.

Acredito que não há mulher que aguente cabelo caindo no rosto neste calor, não adianta. A boa notícia é que a moda que está fazendo a cabeça da mulherada está a favor, viu?

Coques, tiaras, coroas, arquinhos, lenços, penas, tachinhas, tranças, enfim, dá para usar e abusar de tudo o que “tira a franja da testa” e ser feliz. Excluindo as flores de crochê e os brigadeiros de pelúcia, vale tudo na cabeça, ok?

Outra notícia boa é que há acessórios que podem ser usados no trabalho, na balada, em casamentos e até no tapete vermelho de uma premiação do Oscar, querem ver?

Vale usar tiara de plástico também

A tiara de "nó" que deu o que falar

Tiara de "nó" que deu o que falar...

As meninas de Gossip Girl não dispensam o assessório na cabeça

As meninas do "Gossip Girl" não dispensam um bom assessório na cabeça

Alinne Moraes abusou das tiaras enquanto Silvia

Paris Hilton e sua fita de cetim, não dá pra ser mais patricinha

Mais faixas de "Gossip Girl"

Tiara de pedras de Rihanna

Mischa Barton usa tiara de tachinhas - a gente adora

Fergie

Nicole Richie usa tranças e coques

Drew Barrymore prova que dá pra usar coque e não parecer "fofa"

Carol Dieckmann

O hippie-chic de Cicarelli

Galisteu na balada

Eva Mendes

Lilian Pacce

Orgulho fashion: Cassinha - integrante do blog

A roqueira Juliette Lewis e seu característico penacho

Gostou das fotos? Isso é só um gostinho. É só pra servir de inspiração! Ousem mais! ;)

Quer saber como fazer a tiara de “nó” da Blair do “Gossip Girl”? A Julia Petit ensina como.

Quer saber como fazer o coque com tranças da Nicole e mais outros penteados fresquinhos? Clique aqui.

Damn, is raining again…

21/11/2009

Olá, pessoal! Essa semana foi uma correria. Estou me acostumando com a rotina e cheguei a conclusão que os meus dias de turista acabaram… Esse final de semana, por exemplo, não conseguirei ir para nenhum lugar passear. Hoje fui no treinamento do Estádio do Tottenham e passei o dia lá… Amanhã terá a partida do time da casa contra o Arsenal. Vai ser uma loucura, mas acho que vai ser bem legal. A equipe que trabalha lá é bem animada e acho que vai ser divertido.

 

Tottenham Stadium!

 

Elisa, Sewii e eu no treinamento do Tottenham

 

Mas hoje quero falar do clima dessa cidade em pleno outono, quase inverno…

Os dias estão ficando cada dia mais gelados. O vento que antes não me incomodava, agora incomoda. O sol que antes aparecia com frequência começa a não aparecer mais com tanta reguraridade e a tão famosa chuva resolveu aparecer todos os dias. A sensação térmica do dia quando não tem vento nem é tão fria assim. O que mata mesmo é o vento gelado que bate e que, as vezes, é tão forte que parece que vai arrastar as pessoas na rua. E todo esse vento resulta em ruas e calçadas repletas de folhas vermelhas secas no chão. A paisagem é bem bonita…

Folhas no chão... Perto do Palácio de Buckingham

A neve ainda não deu as caras por aqui não. Em Londres não neva muito, mas me contaram que no ano passado a primeira neve do inverno aconteceu no dia 28 de outubro e foi tão forte, que nesse dia nada funcionou. Ninguém teve aula, as pessoas não foram trabalhar e os poucos que saiam de casa, a maioria estrangeiros,  eram para brincar com a neve. Isso porque o inverno do ano passado na Europa toda foi muito rigoroso, o que não está paracendo que vá ser esse ano. Mas enfim, assim que eu ver neve pela primeira vez, corro para cá para contar para vocês.

Um fato interessante é que os dias andam ficando cada vez mais curtos. Aqui o dia amanhece às 7h da manhã e escurece às 17h. É muito estranho, pois saio às 6h da manhã para ir trabalhar e o céu está repleto de estrelas. Parece que são 10h da noite… E quando saio da escola, às 17h já está escuro como se fosse 10h da noite também… E em janeiro, já me contaram que o dia começará a escurecer às 3h30 da tarde e isso já me causou uma curiosidade imensa. Quero ver e sentir essa sensação estranha. E não se preocupem com a questão da depressão que todo mundo comenta que esse clima causa nas pessoas. Os ingleses  são meio rabugentos acho que por causa disso, mas até eles fazem piadinhas desse clima horrível da cidade… E para mim tudo é novidade e experiência… No entanto, meu orgulho de ser brasileira cresce cada vez mais morando aqui. O nosso clima é maravilhoso, as pessoas são alegres e esse esse é o adjetivo primordial dos brasileiros que vivem aqui. Todo mundo nos descreve como um povo que está sempre de bom humor. E eu, faço juz à nossa fama sempre que tenho a oportunidade e mesmo congelando do lado de cá, estou amando a experiência de conhecer o frio de verdade.

Que venha a neve!!!!!!!

É preciso agradecer sempre!

20/11/2009

Olá queridos!!

Muitas coisas aconteceram comigo nesta semana e que me fizeram refletir sobre como estou gerenciando as minhas escolhas , de como estou no comando do meu destino e principalmente se estou agradecendo por tudo que tenho vivido.Afinal, está tudo em nossas mãos!!Nossas atitudes é que influenciam o dia de amanhã!!!E um pouco de cuidado espiritual não faz mal à ninguém,pelo contrário, conforta.

Foram notícias chocantes de pai se matando e levando o filho junto, mãe que esqueceu o filho dentro do carro e muitas outras pessoais que não caberia listar aqui. O que acontece com o ser humano???Não sei, mas tenho certeza que ninguém está livre de qualquer desgraça, de qualquer sofrimento, de qualquer tristeza. Correria, amor insano, estresse, pressa, rotina, pressão, sei lá.Não há como justificar nada.O que sei é que dá pra orar bastante e seguir os conselhos Daquele que é o único que consegue falar com o nosso coração.

Por isso, estendo à todos esse meu desejo.Que Deus esteja sempre presente na vida de todos nós e daqueles que amamos muito, nos guiando e orientando os nossos dias para as melhores escolhas.Hoje quero agradecer.Para isso, faço uma oração à Ele e estendo à vocês. Escolhi a Oração para Serenidade que nos dará suporte diante de tantas escolhas que necessitamos fazer por diversas vezes no dia. 

“Deus, dai-me serenidade para aceitar as coisas que eu não posso mudar, coragem para mudar as coisas que eu possa, e sabedoria para que eu saiba a diferença:vivendo um dia a cada vez, aproveitando um momento de cada vez, aceitando as dificuldades como um caminho para a paz e seguindo sob sua orientação.”

Fiquem com Deus e bom final de semana!

Maine

Amooo fazer aniversário!!

19/11/2009

Essa semana fiz aniversário… Pois é… Completei 30 primaveras e, confesso, já está me cansando ouvir piadinhas sobre Honoré Balzac como tema. (rsrs) Mas tudo bem… Esse aniversário foi pra lá de especial. Muito!! E é isso o que importa.

Tive uma festa maravilhosa, que eu não esperava e que contou com todos os meus amigos mais amados do mund0. Foi sensacional. Confesso, que há algum tempo não me sentia tão emocionada como me senti ao ver todos ali. Unidos por único propósito: me fazer feliz!! Tudo obra do Japa, claro, que foi a mais doce das criaturas fazendo isso por mim. E eu NUNCA vou esquecer daquele momento. Juro!

A gente sempre se sente mimadinha no aniversário!

Além da alegria, meus 30 anos me abriram alguns caminhos. Destravei algumas coisas, reencontrei amigos que não via há tempos (Faaaala! Magrão!) e estive muito, mas muuuuito feliz. Um amigo me falou de uma música. Do Jason Mraz. Fui atrás, ouvi e prestei atenção na letra. Fiquei chocada. Ele não podia me indicar música melhor. Principalmente porque, como diz a música, sou sim uma pessoa muito, mas muuuito sortuda por ter tantas pessoas que me amam. Tanto. E que me fazem tão feliz. “I’m lucky I’m in love with my best friend (Sempre! E com todos eles)… Lucky to have been where I have been..”

Um beijo. Eu amo muito vocês.

Aline

Lucky

Do you hear me talking to you
Across the water across the deep blue ocean
Under the open sky oh my, baby I’m trying

Boy I hear you in my dreams
I feel you whisper across the sea
I keep you with me in my heart
You make it easier when life gets hard

I’m lucky I’m in love with my best friend
Lucky to have been where I have been
Lucky to be coming home again
Oooohhhhoohhhhohhooohhooohhooohoooh

They don’t know how long it takes
Waiting for a love like this
Every time we say goodbye
I wish we had one more kiss
I wait for you I promise you, I will

I’m lucky I’m in love with my best friend
Lucky to have been where I have been
Lucky to be coming home again
I’m lucky we’re in love every way
Lucky to have stayed where we have stayed
Lucky to be coming home someday

And so I’m sailing through the sea
To an island where we’ll meet
You’ll hear the music, fill the air
I put a flower in your hair

And though the breeze is through the trees
Move so pretty you’re all I see
As the world keeps spinning round
You hold me right here right now

I’m lucky I’m in love with my best friend
Lucky to have been where I have been
Lucky to be coming home again
I’m lucky we’re in love every way
Lucky to have stayed where we have stayed
Lucky to be coming home someday

Ooohh ooooh oooh oooh ooh ooh ooh ooh
Ooooh ooooh oooh oooh ooh ooh ooh ooh