Posts Tagged ‘super cool market’

Que venha 2010!

27/12/2009

Olha que honra a minha: abrir a última semana de 2009 aqui no Da Nossa Janela… E, como não poderia ser diferente, que tal fazermos uma retrospectiva?

Dois mil e nove foi um ano ótimo pra mim, principalmente, no âmbito pessoal… E acredito que, de uma forma geral, foi um ano bom para todos nós também, ainda mais quando nos lembramos de todas as situações difíceis pelas quais passamos: Crise econômica mundial, vírus H1N1, escândalos políticos… Tudo isso foi fichinha pra gente, ainda bem! Assim, podemos dizer que 2009 foi um ano de superação, não é mesmo? Levantamos, sacudimos a poeira dos joelhos e demos a volta por cima!

Muitas coisas (e pessoas) aconteceram neste ano, algumas boas e outras nem tanto, mas vamos ver as que mais marcaram? Então segura aí e vem comigo!

Lady GaGa

Já falei dela aqui, por isso, desta vez eu não a deixei pro final do post e, além do mais, todo mundo sabe que 2009 foi o ano dela, né?

Alguns chamam Lady GaGa de “Madonna da fase pós-Madonna”, outros vão mais longe e preferem compará-la ao David Bowie… eu me abstenho! Para mim, Lady GaGa é Lady GaGa e isso já diz muito!

Ela lançou o The Fame Monster, fez parcerias com Beyoncé, levou vários prêmios no VMA e ainda teve o figurino do seu clipe, Bad Romance, comentado por inúmeros blogs e sites de moda.

E, pra fechar o ano com chave de ouro, não poderia faltar polêmica, né? A nossa queridona aí está na mira de um grupo evangélico do Kansas… Nesta semana, o pastor que lidera o grupo divulgou uma nota dizendo que “Deus odeia Lady GaGa” e que, junto com ela, todos os seus fãs vão para o inferno. O motivo? Segundo o grupo, Lady GaGa “incita uma rebelião contra Deus”. ABSURDO, mas não acaba por aqui. O grupo está organizando um protesto que será realizado em seu show, a ser realizado no dia 07 de janeiro, em Missouri. Eu não queria perder este espetáculo e vocês?

Katy Perry

Muito menos polêmica que Lady GaGa, Katy Perry encantou e fixou presença em solos tupiniquins com o single “I Kissed a girl” – a música está no seu álbum de 2008, mas, por aqui, estorou de verdade neste ano! Isso sem falar em outras músicas dela que não saem de nossas cabeças: “Thinking of you”, “Hot N Cold” e  “Waking Up in Vegas”.

E quem consegue esquecer a festança de aniversário da cantora? Katy Perry fez questão que todos os seus convidados fossem de branco à festa, porém, todo mundo saiu de lá supercolorido! Inspirada no filme “A fantástica fábrica de chocolate“, Katy fez uma espécie de paintball, bastante original… Dá até pra anotarmos a dica em nosso manual de festas inesquecíveis pra nos inspirarmos depois, não é mesmo?

Norminha – Dira Paes

Ela não vale nada, mas não tem jeito, a gente gosta dela! Na Rede Globo, 2009 foi o ano de Dira Paes. A atriz, que já vinha desenvolvendo um excelente trabalho há tempos, se consagrou como a fogosa Norminha, de Caminho das Índias. Ela até lançou moda, quem esquece aqueles sutiãs aparecendo? Falei sobre isso aqui, estão lembrados?

O Nude e as Tachas

Quando se fala em moda, não tem como esquecê-los… Os tons nudes e as tachinhas roubaram a cena e fizeram de 2009 um ano com menos preto e com mais “brilho”. Será que a gente ainda vai conseguir aguentá-los por todo 2010? Eu acho que sim e vocês?

Penélope Cruz aderiu ao nude total e fez muito bonito!

Muitas tachinhas: FH, Balmain e Amapô.

Muito glamour

Aposto que muita gente se lembra da imagem de Carol Dieckmann e Preta Gil na praia com, nada mais que uma Goyard laranja e uma Luis Vuitton grafitada – resultado de uma parceria com Stephen Sprouse. Ééé… Foi-se o tempo em que o frango e a farofa eram levados em sacolas térmicas da Sadia, como diria Katylene. Haha

Pra comprovar a tendência, o casal Lorenzo Martone e Marc Jacobs foram à praia nesta semana com toalhas Luis Vuitton e uma Hermès! A gente ama quem vai pra praia com toalha Luis Vuitton, Hermès Birkin e sunga Marc Jacobs, ok? HAHA

Esqueci de citar: a gente também ama casal apaixonado! ;)

SuperCool Market

E eu não podia terminar esta “mini retrospectiva” sem citar um lugar físico, né? E querem saber o que eu escolhi? A Super Cool Market! A loja dispensa apresentações, afinal de contas, já falei dela aqui e aqui. Sem falar que, em 2009, ela saiu em tudo quanto é blog e revista… O que digo agora é: se você ainda não conhece, não perca tempo e corra pra lá em 2010. O endereço e mais informações vocês encontram aqui.

É isso aí! Que 2010 venha cheio de força, luz e sucesso para todos nós! Vida longa ao Da Nossa Janela, paz em nossos corações e dinheiro em nossos bolsos. Um feliz ano novo a todos!

Marcos – @rabiscando

Anúncios

Garimpar é preciso

08/11/2009

Há alguns posts falei sobre o “barato”, que é o novo básico da moda e, inclusive, dei várias dicas de compras, estão lembrados?

Pois então, aproveitei minha semana de férias da agência para bater perna por São Paulo – já que eu não consegui viajar, por conta das aulas da faculdade – e comprovei que é possível montar visuais bem legais e com pouca grana sim. Nem adianta reclamar, pois só se veste mal quem quer!

Primeira parada: Toco Sol

O Toco Sol é um mega brechó que está localizado na Rua Cardeal Arcoverde, 2098, em Pinheiros – São Paulo. Confesso que, logo que entrei no espaço, levei um grande susto, o lugar tem cara de brechó mesmo… Várias roupas apertadas em araras gigantes, muitas coisas com cara de guardadas mesmo e nada organizado, isso porque tem três ambientes e, diga-se de passagem, todos lotadíssimos de peças masculinas e femininas. Não comprei nada! Não que não tenha gostado, mas pra sair de lá com algo nas mãos eu precisaria passar no mínimo 3 horas garimpando ali – coisa que o calor insuportável não me deixou fazer. Até encontrei algumas camisas xadrez bem bonitas, mas ou ficavam grandes demais ou muito justas, sendo assim, não pude levar nenhuma.

toco

Pessoalmente não é tão organizadinho... fotos: divulgação

Segunda, terceira e quarta parada: Brechozinhos da Cardeal Arcoverde

Próximo ao Toco Sol tem vários outros brechós, eles são bem pequenininhos mesmo, mas muito mais organizados e limpos que o Toco Sol. Entrei só pra sentir o clima e comparar, já eram no mesmo quarteirão… Não avistei nada espetacular em nenhum deles, até há coisinhas legais, mas pouco ou quase nada masculino. Vamos para a próxima parada, por favor!

Quinta parada: Super Cool Market

Finalmente consegui visitar o Super Cool Market, uma espécie de fast fashion consciente. Já falei sobre a loja por aqui, então, dispensarei apresentações desta vez, ok?

Ao contrário dos brechós que visitei antes, o Super Cool Market tem um jeito bem fashion, uma coisa de modernidade mesmo. Sabe quando você pisa num lugar e sente um ar de novidade, de bacana? Foi exatamente isso o que senti! Super organizado e limpo, lá as peças têm cara, etiqueta e cheiro de novas.


Confesso que fiquei decepcionado com a pouca variedade das peças da ala masculina, mas entendi. Os homens movimentam em escala muito menor este tipo de negócio, é compreensível.

Entretanto, a parte feminina é recheada de opções. Alguma mulher aqui já pensou em comprar vestido Colcci por R$60, sandália Melissa por R$40 e vestido Isabela Capeto por R$70 reais? No Super Cool é possível! E, como eu disse: é tudo muito novo.

Para vocês terem ideia, encontrei um par da clássica Yellow Boot, da Timberland, por R$79 reais. Quase comprei, mas, resolvi experimentar e não gostei delas nos meus pés… Além do mais, seria difícil combiná-las. Resolvi não arriscar e perdi a oportunidade de aproveitar o descontão – as Yellow Boots custam mais de R$300 reais.

As famosas botas da Timberland

As famosas botas da Timberland

Além disso tudo, no Super Cool Market tem jaquetas, calças, coletes, blazers, vestidos, blusas, t-shirts, shorts, saias, sapatos, sandálias, tênis, bolsas, óculos… TUDO!

Aliás, há duas semanas, quando escrevi sobre óculos escuros, recebi alguns comentários citando o preço alto do acessório e, por isso, eu prometi dar umas dicas de óculos bons, confiáveis e por um preço justo. Ainda não vou fazer o prometido, mas acabei comprando óculos lindos no Super Cool Market e não poderia deixar de mostrar para vocês. São parecidos com o famoso Ray Ban Wayfarer, mas paguei R$65,90 – um preço amigo, não?

Meus novos óculos

Meus novos óculos

Só para comprovar que é fácil se vestir bem gastando pouco, vejam só o desafio que a Revista Criativa propôs pra Jana Rosa e pra Lívia. As blogueiras antenadas no mundo da moda receberam a tarefa de gastar apenas R$100 e, com isso, montar um visual bem bacana. Onde decidiram ir? Em brechós! Vamos ver quem ganhou a gincana fashion?

O novo básico

03/08/2009

Em tempos de crise, o barato torna-se o básico da moda! É o indispensável “pretinho básico” cedendo espaço às peças mais baratas e não menos interessantes.

Não, isso não significa que as pessoas deixaram de se vestir bem e muito menos que foram do luxo ao lixo. Gastar pouco não é sinônimo de vestir-se mal.

“Finalmente! O barato é o novo preto!”. Charge do “The New Yorker”.

“Finalmente! O barato é o novo preto!”. Charge do “The New Yorker”.

Nos últimos dias 27, 28 e 29, aconteceram os desfiles do Mega Polo Moda. O evento é inspirado nas grandes semanas de moda, porém, seu foco é voltado para outro público. O Mega Polo Moda é uma espécie de shopping, ou melhor, um conglomerado com cerca de 400 lojas atacadistas, localizado no bairro do Brás, conhecido pelo intenso comércio de roupas, em São Paulo. Esta semana de moda apresenta aos consumidores e lojistas de vários lugares do país as tendências da próxima estação e mostra que este setor ganha cada vez mais destaque no cenário da moda brasileira.

Como é de se imaginar, as peças apresentadas não possuem nada conceitual, ou seja, os looks são essencialmente comerciais e é exatamente essa característica que o público do evento aprecia, além do preço, claro!
Organizado como qualquer outra semana de moda do país, o evento possui um line-up recheado de marcas e conta também com um casting estrelado. Na última edição, nomes como Isabella Fiorentino, Isis Valverde, Carlos Casagrande e Murilo Rosa, desfilaram para algumas marcas.

Mega Polo Moda: roupas baratos e na moda.

Mega Polo Moda: roupas baratas e na moda.

Outra alternativa para compor um visual legal sem gastar muito são os brechós que, cada vez mais descolados,  invadiram de vez o cenário da moda no Brasil. Ao comprar em um brechó, você consegue assegurar que poucas pessoas terão uma peça parecida com a sua. No entanto, é preciso saber garimpar! Senão, você acabará levando gato por lebre ou não encontrará nada bacana. Para evitar que esse tipo de situação aconteça, a ex-VJ e atual apresentadora da Fashion TV, Carla Lamarca, e suas sócias, Samantha Barbieri e Daniela Klaiman, inauguraram nesta semana uma loja com um novo conceito, a Super Cool Market . A loja compra e vende roupas semi-novas e, além disso, disponibiliza um espaço para coleções de novos estilistas e ainda produz, a cada estação, peças que estejam super na moda com a etiqueta da Super Cool Market.

Interior da Super Cool Market e camisas produzidas pela marca própria.

Interior da Super Cool Market e camisas produzidas pela marca própria.

O que faz com que a Super Cool Market não seja um brechó é o processo de seleção pelo qual as peças que serão vendidas no espaço precisam passar, as sócias só aceitam peças que estejam na moda. A loja nasceu para incentivar a reciclagem e reutilização das roupas, contribuindo assim para a redução do impacto social e ambiental gerado pela produção têxtil.

A Super Cool Market possui ainda um projeto que determina que as peças não comercializadas em 30 dias serão doadas para uma instituição diferente todos os meses. As sócias querem que o novo negócio seja um tipo de fast fashion com preços mais baixos.

Samantha Barbieri, Carla Lamarca e Daniela Klaiman

Samantha Barbieri, Carla Lamarca e Daniela Klaiman

Outra forma de compra e venda de roupas que vem crescendo muito no Brasil são os chamados Outlets. Inspirados em modelos internacionais, estes lugares reúnem peças de coleções passadas de estilistas e marcas renomadas e vendem tudo a um preço muito mais em conta do que nas lojas. Para conhecer vários Outlets e saber o que se pode esperar de cada um deles, incluindo preços e produtos, vale a pena consultar esta matéria publicada no site da Elle.

Um grande exemplo da ascenção deste mercado em terras tupiniquins é o recém-inaugurado Outlet Premium, que fica próximo à São Paulo e disponibiliza quase 90 grifes internacionais e nacionais a preços bem camaradas.

Outlet Premium

Outlet Premium

A novidade agora é que os Outlets partiram também para o mundo virtual. É cada vez mais comum acharmos clubes de compras na internet que vendem marcas legais a preços mais legais ainda. Exemplo desses clubes são o Privalia, o BrandsClub, o SuperExclusivo e o Coquelux. No entanto, para participar de alguns destes clubes é necessário ser convidado por um membro, o que não é tarefa tão difícil assim, outros destes sites possuem até lista de espera, onde a qualquer momento você poderá ser convidado a adentrar o mundinho do comércio eletrônico segmentado.

Apesar do “bum!” das compras online, não podemos esquecer também de visitar as lojas e, principalmente, as boas e velhas de departamento, que são sempre as melhores alternativas para quem quer gastar pouco. É possível comprar roupas legais na C&A, na Renner, na Riachuelo ou na Marisa, por exemplo? Sim, é mais do que possível! Independente do lugar em que você faça compras, o que realmente conta é o bom senso e o bom gosto!

Já está mais do que na hora de tirarmos esta cultura de que roupa barata é sinônimo de cafonice! Para conferir produções baratinhas feitas em lojas de departamento pelo pessoal do Chic, site da Glória Kalil, clique aqui, aqui, aqui e aqui.

De fato, etiqueta não significa bom modelo e, muito menos, boa qualidade. Tanto que, recentemente, a C&A estabeleceu uma parceria com o renomado estilista brasileiro Reinaldo Lourenço e, juntos, lançaram uma coleção feminina que ferveu nas lojas. Talvez quem procure ainda encontre algo nas araras da C&A.

Coleção do Reinaldo Lourenço para a C&A.

Coleção do Reinaldo Lourenço para a C&A.

Para finalizar este enorme post, indico para as pessoas que gostam de promoções que sigam o BazarPop, um site onde você encontra as melhores alternativas de bazares, liquidações, promoções, lojas e produtos, ou seja, um guia de compras completo que vale a pena consultar sempre!

É…  Viram só?! A moda está cada vez mais democrática por isso, hoje, só se veste mal quem quer!

Marcos