Posts Tagged ‘bar’

Calor em SP pede o que?

05/11/2009

O calor tá de matar e quando o tempo esquenta desse jeito, o que nós, paulistanos alucinados, fazemos?? Corremos para o bar! Fala sério. Tem coisa mais gostosa pra se fazer por aqui, com esse calor, que não seja sentar numa mesinha ao ar livre e embebedar o cérebro? Não tem, né?! Pensando nisso, resolvi começar a dar algumas dicas de bares pra vcs. E o primeiro é um botequinho beeeem escondidinho, da Vila Mariana. O bar Veloso.

Espaço interno do Veloso

Espaço interno do Veloso

Gente, sem exagero, é uma DELÍCIA!! Mas prestem atenção. É um boteco meeeeesmo. Botequinho porque que é minúsculo. Além de pequeno, é mega escondido, não tem música e normalmente espera-se para sentar. Mas nada disso tira o prazer que é tomar umas no Veloso. Primeiro, o bar tem o melhor barman de SP, eleito pela Veja SP, não sei quantas mil vezes. O Souza. O cara faz uma caipirinha que é assim… qualquer coisa de tão boa! Minha dica? Experimentem a de caju com limão ou a de jabuticaba. São as melhores. Delícia demais, demais, demais da conta!

Esta aqui é a de jabuticaba.

Esta aqui é a de jabuticaba.

Além disso, quem for, não me cometa a heresia de não comer a famooooosa coxinha do Veloso. Uma coisa assim, que desmancha na boca. Entendem? Boa demais. Muita gente fala por aí que a melhor coxinha de SP é a do Frangó. Na boa, eu já comi as duas e digo, sem a menor dúvida: a do Veloso é melhor.

Coxinha do bar Veloso

Coxinha do bar Veloso

E, por último, não posso deixar de falar do Will. É o chefinho dos garçons do bar. Gente, o cara é tão simples, tão gente boa, que dá mais gosto ainda em freqüentar o Veloso. Tentem ser atendidos por ele. O sorrisão de dente de coelho pra fora é garantido.

E é isso, galera. Calor, mesinha ao ar livre, caipirinha de caju com limão e coxinha. No Veloso, claro, que fica na R. Conceição Veloso, 56. Ali, na Vila Mariana (ao ladinho do metrô Vila Mariana). O telefone é (11) 5572 0254. Bjo e fui!!

Anúncios

Vai um pint aí?

23/09/2009

250 anos!! É isso mesmo! Hoje é aniversário de 250 anos da cerveja mais conhecida do planeta: a Guinness. E para comemorar, acontece daqui a pouco, às 17h59, no O’Malley’s (o pub irlandês mais antigo do Brasil e onde foi tirado o primeiro pint da cerveja por aqui) um brinde em homenagem a Arthur Guinness, fundador da marca.

Guinness

Guinness

Além do O’Malley’s, outros bares de São Paulo têm programação especial nesta semana. O Drake’s Bar também comemora o aniversário da bebida com um brinde simbólico, às 17h59, e os clientes podem tomar o sorvete de Guinness, criado pelo chef australiano Greigor Caisley.  A música fica por conta da banda de rock (pasmem!) Duo Dheno. Já no All Black, a programação conta com promoções, decoração especial e show com a banda Ghizzi & Cia. Rock. Tudo isso além dos petiscos feitos com a cerveja irlandesa.

Sorvete de Guinness do Drake's Bar

Sorvete de Guinness do Drake's Bar

As comemorações acontecem por todo o mundo. Hoje, uma festa comandada por artistas como Black Eyed Peas e Soul II Soul movimentam a cidade de Dublin e um brinde em homenagem a Arthur Guinness, acontece as 17h59 (de cada fuso) em todo o mundo. Eventos em cidades como Nova York, Lagos (na Nigéria) e Kuala Lumpur (na Malásia) completam o aniversário.

250 anos pelo mundo

250 anos pelo mundo

História
Guinness começou a ser fabricada em 1759, no coração de Dublin, em St. Jame’s Gate. Arthur Guinness assinou um contrato para uso do local pelo valor de £45 por ano. Dez anos mais tarde, em 1769, as exportações começaram e a primeira remessa (6,5 barris) foi enviada para a Inglaterra. Até hoje, a cerveja é produzida com a mesma composição: malte irlandês, água de Dublin, lúpulo e levedura. O malte é torrado, o que dá a coloração típica e o paladar tostado que equilibra o amargo do lúpulo e a doçura do malte. A espuma, graças à mistura com nitrogênio, é cremosa e inconfundível.

Curiosidades
– Em Dublin, toda vez que alguém fala sobre Guinness, alguém grita: “Raise a glass to the memory of Arthur Guinness”, algo como “faça um brinde a Arthur Guinness”.
– Um pint de Guinness nada mais é que um copo de 568ml.
– No mundo, 170 mil pubs consomem 10 milhões de pints diariamente, o que resulta em 120 pints por segundo!!
– Atualmente, a Guinness é comercializada em 155 países, tem 56 fábricas e 80% de participação no mercado mundial de cerveja Stout.

"The Temple Bar", famoso pub de Dublin.

"The Temple Bar", famoso pub de Dublin.

E é isso! Aproveitem o dia e corram tomar uma Guinness. Eu só estou esperando dar sete da noite!

Bjo
Aline

 

Informações:
http://www.omalleysbar.net
http://www.drakesbar.com
http://www.allblack.com.br