Archive for the ‘Moda para todos os corpos’ Category

Inverno 2010

31/01/2010

Se após o Fashion Rio foi fácil fazer uma listinha de tendências, felizmente, não podemos dizer o mesmo do São Paulo Fashion Week.

Portanto, o que farei aqui é uma apresentação das coisas que se repetiram e mais me agradaram durante os desfiles, o que não quer dizer que deverão ser acatadas a todo e qualquer custo, afinal de contas, a moda anda cada vez mais democrática – viva!!

Sendo assim, a partir deste post, cabe a cada um pegar para si o mais lhe agradar e o que mais couber ao seu tipo físico. Como, infelizmente, o inverno ainda demorará a aparecer, temos tempo para planejar, estudar e adaptar o que mais gostamos ao nosso estilo de vida, afinal de contas, ninguém sairá por aí com um blazer de ombreiras tão enormes que não passariam nem numa porta, né? Por mais que amemos ombreiras, seria surreal! Até por que isso é interpretar um desfile e é o que precisamos fazer sempre.

Preste atenção aos detalhes, se segura, porque o post vai ser longo, e vem comigo!

(more…)

O que eu quero parecer?

21/12/2009

Que a moda é uma forma de expressão todo mundo já sabe e tá cansado de ouvir, porém, refletimos pouco sobre a maneira como podemos usar os artifícios do vestuário para transmitir uma mensagem condizente com o que somos. Ora, estou falando do embate entre “imagem projetada x imagem real”. Será que eu passo a idéia do que realmente sou? Será que minhas roupas condizem com a maneira com a qual quero ser visto?

Não é a toa que, a cada dia, mais e mais pessoas contratam os serviços de um personal stylist – um consultor de estilo e imagem que adequa o visual de uma pessoa à imagem que ela pretende passar. O que assusta é o crescente número de crianças que passam a se preocupar com isso antes da hora… É normal vermos meninas se preocuparem em se arrumar para ir para o colégio e se adequar as modinhas da idade, por exemplo, mas acho anormal uma garota de 05 anos contratar um consultor para aprender a se arrumar. Cada idade precisa de uma preocupação e, na minha opinião, com 05 anos a única preocupação que uma criança deve ter é a de se divertir e de aprender a conviver em sociedade, SÓ!

Pensando em satisfazer as expectativas desse público, que sabe a importância de ser bem visto, o Shopping Cidade Jardim, em São Paulo, conta com personal shoppers – profissionais  que auxiliam a escolha dos looks de acordo com o corpo, bolso e estilo de cada cliente. Além disso, as personal shoppers também ajudam na hora de escolher um item para dar de presente.  Muito bacana! E sabem o que é mais legal, é que duas das personal shoppers são a Cris e a Fê, do Oficina de Estilo – blog que a gente ama!

Pode parecer demais, mas enganam-se os que pensam que só nós, meros mortais, temos dúvidas e sofremos ao abrir o guarda-roupa. Querem ver alguns cases de sucesso, quando falamos em personal stylist?

Quem não se lembra cantora Wanessa Camargo no início da carreira? Cabelos longos e claros, roupas cheias de fendas e decotes… Um desastre que em nada faz lembrar o que ela se tornou. Wanessa já passou por inúmeras “transformações” e hoje exibe um visual mais rocker, mais contemporâneo e com pitadas bem fashionistas.

Barriga de fora e piercing no umbigo: um MUST

E a ex-BBB mais famosa e bonita de todas? Estou falando da Grazi Massafera! É quase impossível se lembrar da então atriz global naquela casa cheia de câmeras… Tirando a humildade e os pés no chão, Grazi deixou para trás todo o seu passado de menina do interior.

A moça era fã da barriga de fora, dos decotes e dos cabelos longos e amarelados. Ainda bem que as pessoas evoluem, não? Hoje, Grazi aprendeu que é possível ser sexy, sem ser vulgar e abusa dos shorts e minivestidos.

antes e depois

Outra ex-BBB que mudou completamente e também merece atenção, neste quesito, é a Iris Stefanelli… Quem consegue esquecê-la com aquelas flores horríveis na cabeça? É, ela mudou!

"Oi? Olha como eu tô melhor!"

Vamos um pouco mais longe agora? Falo de Amy Winehouse! Ela era mais cheinha, mais saudável e poderia até ser mais bonita, mas faltava atitude. Ela não se encontrava no seu estilo anterior, ela não era o que parecia ser.

Eu não posso terminar um post sobre mudanças de estilos sem citar Stefani Joanne Angelina Germanotta, é esse o nome de batismo da musa: a Lady Gaga!

Lady Gaga é natural de New York, tem só 23 anos e dá muito o que falar. Para mim, é a artista da década, do século, enfim, de todos os tempos! E, óbvio, que parte de todo esse sucesso se deve ao personal stylist… Apenas com o seu talento, a americana seria apenas mais uma “gostosinha” cantando pop, assim como Britney Spears, Christina Aguilera e companhia…

O personal da cantora é ninguém mais, ninguém menos que Nicola Formichetti – o japonês já passou por inúmeros veículos de moda e hoje está a frente de várias publicações direcionadas ao público masculino. Nicola tem site, blog, twitter e está sempre em contato com o seu público, mostrando, inclusive, cada peça que utiliza.

Antes da fama e antes de Nicola, que diferença, não?

2006. Capa do primeiro CD

2009. Capa do último CD - parece outra pessoa...

Por meio do figurino, a cantora pretende mostrar uma nova realidade

Sempre polêmica, Lady Gaga solta fogo pelos "mamilos"

Em apresentação para a Rainha Elizabeth, Lady Gaga usa referências da corte

Sobre a escolha dos looks da nova queridinha do pop, Nicola é categórico: “precisa ser algo que nunca ninguém tenha visto antes, algo que seja ultrajante e que talvez algumas pessoas odeiem. Isso é o que amo na Lady Gaga, é bem parecido com meu trabalho”.

Lady Gaga e seu personal stylist não se importam se alguns odeiam seus figurinos

E então, você já pensou na imagem que deseja passar em 2010?

Para ler ouvindo:


Um vestido e muita confusão

01/11/2009

No dia 22 de outubro, uma jovem de 20 resolveu colocar um vestido qualquer para ir à faculdade numa noite de calor. O fato não teria nada incomum se o vestido não fosse um pouco curto demais e se os alunos não estivessem desesperadamente descontrolados.

A faculdade é a Uniban, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. A garota é Geisy Arruda, estudante de turismo. O vestido é um mini Pink de mangas longas.

foto 1

Logo ao chegar à faculdade, Geyse foi alvo de assédio por parte dos alunos, que armaram filas de seguidores nos corredores da faculdade. Cerca de 700 estudantes fora de si fizeram a maior confusão, tentaram invadir a sala e até mesmo o banheiro do lugar – que deveria ser uma instituição de ensino. A confusão foi tanta que Geisy teve que ser escoltada por policiais ao deixar o prédio em que estuda. Alguns garotos fizeram vídeos de todo o tumulto e colocaram na internet. Resultado: um vestido e muita confusão.

Que a roupa que vestimos reflete muito do que somos ou do que queremos ser, todos nós já sabemos, mas, então, quem está errado nesta história toda? Um bando de vândalos, que não deveria ser chamado de universitário ou uma garota inconseqüente, sem qualquer noção de estilo e de etiqueta, que anda bem à vontade pelas ruas?

Pra ser sincero, não achei o vestido usado por Geisy absurdamente curto, achei impróprio! Impróprio para a ocasião e, o que é pior, impróprio para o seu corpo. Geisy não é gorda, mas também não é magra o bastante para usar vestidos justos e curtíssimos.

Nesta semana, Geisy foi em vários programas de TV para explicar o caso

Há algumas semanas falei aqui sobre como as cheinhas podem ficar harmonicamente melhores fazendo apenas alguns truques com roupas básicas, estão lembrados? Pois é, em minha opinião, Geisy deveria ter optado por um modelo menos justo nas coxas, mais justo embaixo do busto, uma cor mais discreta e com um decote V, só nesta brincadeira a garota pareceria ter emagrecido 10 kg e perderia toda a vulgaridade que o vestido pink lhe deu.

dica vestido cheinha

Opções legais para as mais "larguinhas"

Sou a favor da liberdade de expressão, de estilo e tudo mais que couber, mas, convenhamos, devemos dosar com bem estar e, principalmente, bom senso! Alguém aqui já foi pra faculdade ou escola vestindo apenas uma sunga ou biquíni? Acredito que não! Pois então, isso é o que chamamos de etiqueta, de protocolo. Existem roupas e roupas, e as pessoas precisam saber onde usá-las. Faculdade tem um quê de liberdade, de maturidade, mas não é balada. Confesso que conheço pessoas que se vestem para ir às aulas como se fossem para um show do É o Tchan, mas nem por isso sofrem agressão moral e/ou são ovacionadas, o que também não significa que fazem bem ao se vestirem daquela forma.

A questão aqui é que faltou educação por parte da menina – que deveria ter se vestido como uma estudante e não como uma cantora de forró em um palco no interior do Piauí; faltou respeito por parte dos seus colegas – que deveriam ter se comportado como pessoas que conseguem controlar seus desejos e não como uma manada de elefantes no cio; e faltou uma ação da universidade – que poderia ter um dress code, cujos alunos que o desrespeitassem seriam impossibilitados de assistir as aulas.

O que se conclui disso? Que todo mundo deve ter boas maneiras, seja em relação às roupas que veste ou às atitudes que tem.

Andam por aí assim…

21/09/2009

A cada nova estação, surgem inúmeros elementos nas passarelas. Mas o que realmente dita o que está na moda, no meu ponto de vista, é a RUA. O que se usa na rua, é o que podemos chamar de “tendência”!

Sábado passado fiquei o dia todo fora de casa e notei três elementos que se repetiram absurdamente, são eles: o colete, os shorts jeans e as Havaianas – isso independente do sexo, idade, credo e forma física.

A dupla Havaianas e shorts no verão não é novidade há muito tempo, o que mudou então? Os shorts masculinos encurtaram, como já citei aqui e os homens não têm mais tanto receio de ousarem nos pés. Usam havaianas com calça jeans, com shorts jeans, com shorts de alfaiataria e até com camisa! A produção, bermuda de sarja, camisa clara e chinelo, serve de coringa e salva qualquer churrasco ou reunião na casa dos amigos.

Sem medo, Zac usa Havainas até em Premiere

Sem medo, Zac usa Havaianas até em Premiere

Mais ousado, Jude Law usa Havainas com colete.

Mais ousado, Jude Law usa Havainas com colete sem camiseta.

Outra novidade é a desconstrução da alfaiataria, que também já citei aqui. Vejo muitos elementos de alfaiataria usados de forma nada convencional. Por exemplo, quem diria que os coletes – antes apenas elementos dos ternos masculinos, serviriam de over para as mulheres usarem com salto alto e saia, vestido ou short jeans?

Colete com saia e unkle

Colete com saia e ankle, produção da Revista Época

E, para as mulheres, os shorts continuam firmes e fortes, assim como estiveram no inverno. A diferença é que, para o verão, eles vêm sem meias e com botas.

Aline Quevem, estudante de short Ellus

Aline Quevem, estudante, de short Ellus

Vânia Goy, jornalista, usa Levi's

Vânia Goy, jornalista, usa Levi's

Hit do inverno, os shorts jeans continuarão com tudo no Verão. Izabel Goulart usa Diesel.

Hit do inverno, os shorts jeans continuarão com tudo no Verão. Izabel Goulart usa Diesel.

E aí, alguém ainda duvida do pontencial dos estilos das ruas?

Troca de closets

31/08/2009

Antes de tudo, lembram-se da enquete que abri no post anterior? Pois é, ela chegou ao fim e a maioria dos leitores elegeu o nude o ‘tem que ter’ do verão 2010. Com 54% dos votos, o nude ficou em primeiro lugar, seguido do fluo com 15%. Se eu acho que o nude pega? Já pegou!

Penélope Cruz toda trabalhada no nude

Penélope Cruz toda trabalhada no nude

Bem, não é de hoje que homens e mulheres vêm trocando referências de seus guarda-roupas. Mulheres de calças largas, homens de shorts curtos, mulheres de paletó, homens de decote V, mulheres de bermudas, homens de leggings e por aí vai… A coisa virou praticamente tendência, por isso, decidi falar sobre esse troca-troca de papéis!

O que vocês pensariam se vissem um homem com uma maxibolsa andando sozinho pelas ruas? E se encontrassem um senhor de calça legging fazendo compras? Se vocês disseram que se surpreenderiam, é bom irem se acostumando, pois parece que a moda (que lá fora já pegou) está chegando com tudo em terras tupiniquins.

Em março de 2009, o jornal “The Guardian”, ao achar um tanto quanto estranha essa moda da legging para homens, colocou o Jonathan Heaf, editor da revista britânica GQ, de legging nas ruas e, juntos, analisaram a recepção das pessoas.

As legging masculinas levam o nome ‘megging’, ou seja, a junção das palavras “men” e “legging”. As meggings usadas pelo Jonathan Heaf eram de lantejoulas da Maison Martin Margiela.

O editor da GQ e suas meggings de lantejoulas

O editor da GQ e suas meggings de lantejoulas

Ao colocar o desafio em ação, o editor da GQ recebeu assobios, despertou os olhares de curiosos, mas não agradou muito a sua namorada. E aí, o que vocês acharam?

As meggings saltaram dos editorias de moda para as ruas

As meggings saltaram dos editorias de moda para as ruas

As meggings são usadas, preferencialmente, em sobreposições, o que torna as composições menos chamativas e remete ao tão falado estilo homeless chic.

Verão 2008/2009 da Osklen

Verão 2008/2009 da Osklen

Verão 2010 da Dsquared e da Mihara Suhiro

Verão 2010 da Dsquared e da Mihara Suhiro

Se para os homens a moda são as pernas bem justas, para as mulheres a coisa é totalmente contrária, estamos falando do boyfriend jeans.
Simplificando a história e guardando referências, tudo começou quando Katie Holmes resolveu sair com uma calça do Tom Cruise. Pronto! Estava feita a confusão. Não se falou em outra coisa naquela semana, até que a peça foi parar nas passarelas, nos editorias, nas lojas de departamento e, enfim, nas ruas.

Sr.ª Holmes Cruise: a precursora do boyfriend jeans

Sr.ª Holmes Cruise: a precursora do boyfriend jeans

Hoje já se fala em boyfriend shorts, boyfriend blazer, boyfriend t-shirt e parece que vem mais por aí… O que isso significa para as mulheres? Conforto! E para os homens? Guarda-roupa trancado a sete chaves. Haha

Cicarelli e o 'blazer do namorado'

Cicarelli e o 'blazer do namorado'

Meninas que ainda têm dúvidas, vale a pena visitar o site da revista TPM, para saber como usar o boyfriend shorts.

A revista TPM ensina a usar o 'short do namorado'

A revista TPM ensina a usar o 'short do namorado'

Carregar chaves, celular, guarda-chuva, óculos escuros, óculos de grau, rádio do carro e carteira é um martírio para qualquer homem, afinal, ‘onde guardar?’ é sempre uma questão a se pensar. Pochete na cintura resolveria todos esses problemas, mas também faria com nenhuma mulher chegasse perto do cara. Problema sério! Para isso, as bolsas prometem se tornar acessório também masculino.

Tom Brady ajudando Gisele Bundchen com as bolsas? Não. A bolsa é dele.

Tom Brady ajudando Gisele com as bolsas? Não. A bolsa é dele.

Tom Brady

Tom Brady

Jude Law e Tom Brady são alguns dos famosos que já aderiram a moda das bolsas masculinas. O interessante é que os modelos que eles escolheram vão bem com tudo.

Jude Law e sua fiel escudeira

Jude Law e sua fiel escudeira

E ainda tem a alfaiataria que vem com um novo corte para o verão 2010 e, inclusive, traz shorts curtíssimos para os homens e blazers desestruturados para as mulheres.

SPFW Verão 2010 - shorts masculino

SPFW Verão 2010 - shorts masculino

E então, não dá nem para finalizar este post perguntando se vocês acham que essa moda pega, afinal, ela já está entre nós.

Ah! O grande segredo em agregar elementos do guarda-roupa do sexo oposto é saber mesclar! Homens podem usar legging, mas não podem se esquecer de colocar algo tipicamente masculino, por exemplo, uma jaqueta por cima. Mulheres podem usar boyfriend jeans, mas não podem se esquecer do salto alto, por exemplo.

Querem um conselho? Corram para o guarda-roupa de seus namorados ou namoradas, irmãos, irmãs, pais e mães e divirtam-se!

Marcos

Para todos os tipos

10/08/2009

No meu último post, falei sobre o novo básico e, com isso, é possível perceber que a moda está cada vez mais democrática. Democracia essa que abrange todos os tipos de bolsos e corpos.

Foi-se o tempo em que os gordinhos vestiam-se com cortinas enroladas em seus corpos, hoje, é possível vestir-se bem e com elegância independente de seu estado físico. Um exemplo claro do que estou dizendo, é a parceria firmada ente Beth Ditto, vocalista da banda supercool The Gossip, que mesmo gorda é queridinha do mundo da moda internacional, e a marca Evans.

Beth Ditto já está acostumada a questionar os padrões de beleza e gosta de mostrar que é muito feliz e confiante do jeito que é. Por isso, nada mais natural do que assinar uma linha de roupas extra large.

Beth Ditto: a gordinha querida no mundo na moda

Beth Ditto: a gordinha querida no mundo da moda

“As formas pra uma pessoa gorda precisam ser diferentes. Em alguns desenhos o pessoal da Evans estava cético, mas eu disse ‘confiem em mim’. E então, quando a modelo colocava a roupa, todos diziam ‘ah, agora entendi’”, disse Beth Ditto ao “The Observer“.

O resultado da parceria e de tanta dedicação da rockstar ficou muito bom! Magras, morram de inveja!

Peças by Beth Ditto

Peças by Beth Ditto

O ruim é que a marca não faz entregas em terras tupiniquins. O jeito, meninas, será pedir para algum conhecido que more nos EUA ou Europa trazer algumas peças pra cá. Vale super a pena!

Um problema que a maioria das pessoas que estão acima do peso tem é o medo de ousar. Por medo de ousar, optam por usar peças “quadradas”; por medo de ousar, usam roupas largas; por medo de ousar, vestem-se de forma sem graça; por medo de ousar, fogem das cores; por medo de ousar, perdem atitude e personalidade, e isso faz com que acabem pecando ainda mais.

Há algumas semanas, uma participante do Esquadrão da Moda, do SBT, estava um pouco acima do peso, mas não tinha tanto medo de ousar… Talvez, se tivesse um pouquinho desse medo, não teria errado tanto. Arquiteta durante o dia e professora à noite, a gordinha vestia-se como uma adolescente fã de High School Musical e RBD. Sem referências, sem formas e sem bom senso, a participante só errava.

Você confiaria um projeto a essa arquiteta?

Você confiaria um projeto a essa arquiteta?

No final do programa, finalmente, a participante ganhou cara de arquiteta e viu que é possível ser gordinha e estar na moda e que, para isso, não há segredo algum.esquadrao da moda

Para quem nunca assistiu, o Esquadrão da Moda é a versão brasileira do Reality ShowWhat not to Wear“, apresentado por Isabela Fiorentino e Arlindo Grund, o programa vai ao ar às terças, às 20h, no SBT.

Isabela Fiorentino e Arlindo Grund

Isabela Fiorentino e Arlindo Grund

Por fim, como bom gordo que sou, deixo algumas dicas que devemos seguir para ficarmos aparentemente mais magros:

1.  Listras horizontais engordam;
2.  Estampas muito pequenas deixam a pessoa enorme;
3.  Roupas não devem ser muito justas e nem muito largas;
4.  O começo dos braços deve ficar sempre coberto;
5.  As mulheres devem preferir os decotes em V;
6.  Cachecóis no pescoço, mas não enrolados, dão a ilusão de corpos mais longilíneos;
7.  O look pode ser colorido, mas não contrastante;
8.  Sapato de bico fino alonga a perna;
9.  Sapato de bico arredondado achata o corpo;
10. Calças de modelagem reta (da coxa até a barra) alongam a silhueta;
11.  Coletes, blusas e jaquetas devem ser usadas preferencialmente abertas, para o corpo parecer mais estreito;
12.  Prefira jeans com lavagens escuras;
13.  Evite roupas cheias de bolsos;
14.  Não use jeans com lavagens horizontais e concentradas na coxa,
15.  Use o bom senso sempre e seja feliz.

Se depois eu lembrar outras dicas, faço um novo post sobre o tema numa próxima oportunidade, ok?! ;)

Para ler ouvindo:

Marcos