Archive for 7 de fevereiro de 2010

Inverno, moda e pouca grana

07/02/2010

Agora que a gente já sabe que o barato é o novo básico da moda, ou seja, que é posível vestir-se bem com pouca grana, desde que se saiba garimpar e já vimos as passarelas do inverno 2010 da moda brasileira, que tal começarmos a colocar tudo isso em prática?

Na semana passada, a Renner deixou muita gente de queixo caído e olhos brilhantes, inclusive eu. A loja de departamentos convocou imprensa, blogueiros e até apaixonados por moda, para conhecer sua colocação de inverno, que só chega nas lojas em março.

Com muitas peças must have, com muitos looks atualizadores e um time de stylists bacana – incluindo as meninas da Oficina de Estilo, a Renner surpreendeu!

(more…)

Anúncios

Winchester

07/02/2010

Voltei! Desculpem ocupar numa mesma semana dois diazinhos, mas realmente queria fazer um texto com calma e contando coisas bacanas que vi aqui esses dias. Então, como ia dizendo…

Domingo passado fui para Winchester. Uma cidadezinha ao sul da Inglaterra, que já foi capital da Inglaterra por um tempo, famosa por seu complexo de castelos que fazia parte do reinado. Possui uma catedral muito grande, famosa pelo seu coral, outras igrejas também, além de ser bem turística, por conta do seu mercado rural, que acontece todo último domingo de cada mês.

Depois de trabalhar direto, todos os dias do mês na loja de manhã, peguei o último dia de janeiro para descansar, que calhou de ser o mesmo dia que minha amiga alemã Ramona, ou Mona, me convidou  para ir viajar com ela de carro. Ela veio da Alemanha dirigindo e viaja bastante pela Inglaterra com o carrinho dela. Meu Day off que eu pensei que poderia acordar beeeeem tarde, me fez acordar beeem cedo, por conta da trip, mas valeu a pena… Nos encontramos as 7h da manhã, paramos para abastecer o carro, rachamos a gasolina e pegamos estrada com a companhia do melhor amigo da Mona, seu GPS que “gritou” em alemão o caminho todo… RS Graças a ele não nos perdemos e achamos a cidade.

Chegando lá, fomos procurar o Famoso Winchester Country Market, mas o frio estava tão absurdo, provavelmente 1 grau celsiu, que tivemos que parar num café antes, para tomar alguma coisa quente. Depois do café, seguimos o pequeno fluxo de pessoas que havia na cidade às 9h da manhã e achamos o mercado. Não era muito grande, mas vendia muitos doces, pães, caldos, sucos, carnes e vegetais, todos produzidos pelos fazendeiros rurais da região. Compramos um pãozinho com queijo de café da manhã, com um suco de maça quente, com pimenta, canela, uma versão não alcoólica do ponche, bem bom.=) Daí fomos andar pela cidade.

Aos pouquinhos as lojinhas começaram a abrir, as pessoas a aparecerem e ao meio-dia a cidade parecia qualquer cidade turística da Europa, lotada de gente. Achamos o castelo principal da cidade, ao topo e fomos entrar e nos surpreendemos que não tinha que pagar .Lá achamos nada mais nada menos que a Távola Redonda do Rei Arthur. A Mona, só não tinha me contado esse pequeno detalhe sobre Winchester. Fiquei arrepiada quando vi.  Saindo de fomos conhecer a Catedral, que também não paga para entrar, em que por sorte, muita sorte mesmo, conseguimos ouvir uma apresentação do coral da igreja, que é bem famoso. Sentamos num dos aquecedores da igreja e ficamos lá ouvindo o coral naquela igreja imensa. E lá pela 1h da tarde, achamos um restaurante para almoçarmos e pedimos o prato do dia, bem tradicional, que já vem com o preço da bebida incluso. Comemos bem, fofocamos bastante e voltamos. Na volta passamos por Southtampton, também ao sul, há 15 minutos de lá, mas não gostamos da cidade e voltamos para Londres rindo, conversando e falando da viagem e tudo mais. Foi um domingo bem diferente, que já prometi para mim mesma, poder repetir. Viajar pelas cidadezinhas around here e aproveitar tudo, enquanto estiver pelas terras da Rainha.