Em uma sexta-feira…

by

O sol passou a brilhar todos os dias, alheio às previsões meteorológicas. A noite anterior foi uma das melhores noites dormidas de toda a gestação. Uma festa estava programada e o sábado já estava comprometido com as tarefas de casa.Tudo besteira.O primeiro sinal se manifestou e lá iniciava uma avalanche de sentimentos.Desespero invadindo o corpo, o medo, a insegurança, a felicidade, a consciência de que algo muito incrível aconteceria e que certamente mudaria TUDO!

Minha mãe estava ao meu lado, como sempre. Correria ao telefone com o Lindinho que estava à caminho da Marginal, ligações para minhas irmãs, antes de qualquer especialista e por último orientação com a médica de todo o período. Segui para o consultório e após avaliação, fui liberada para seguir para maternidade. No caminho, mãe e sogra no carro. Lindinho mudo, ultrapassando o que via pela frente com o giroflex no carro. Uso ilegal, todos sabem. Mas era necessário!Eu precisava chegar ao hospital e nenhum imprevisto poderia ser enfrentado. Mesmo tranquila e com dilatação sobre controle, corremos muito, à medida que o trânsito de São Paulo permite.

No hospital, a insegurança inicial por não ser a médica que acompanhou o processo. Sentimento excluído minutos depois de conhecer o médico de plantão. Me senti muito bem e tranqüila com a equipe que nos atendeu.O Lindinho também.Exames, espera, tensão.Ligações e mensagens para os amigos.É muito bom dividir momento especiais com quem amamos!

A partir de um momento era só eu, o Lindinho e o Barrigão. Depois de aguardar na sala de pré-parto, umas duas horas se passaram e fui para a sala de parto. Não sei explicar mas algo me deixava muito tranqüila.Acho que mentalizei sempre coisas boas durante a gravidez e não poderia fazer diferente no momento mais crucial.Aquele era o momento de mostrar equilíbrio e de fazer o melhor para que o presentinho não fosse prejudicado.É um momento delicado onde tudo pode acontecer.Eu era a tranqüilidade materializada.A equipe médica não acreditava que eu estava prestes a dar à luz e de parto normal.Foi realmente inexplicável, meu corpo e mente estavam preparados e na hora, deu certo.Algumas contrações depois, e cerca de quatro grandes forças, ele chegou.Um pacotinho lindo me foi entregue nos braços! Logo falei: ”Seja bem vindo meu amor!”O beijei, trocamos o primeiro olhar, o primeiro cheiro e ali, tudo começou. O sentimento mais incrível que eu um dia nem poderia imaginar existir, teve início.

Como passou rápido! Às 15h48, numa sexta-feira, 26 de setembro de 2008, um pacotinho, chamado Pedro, me foi entregue. Denomino assim pois parecia, ou melhor, era uma pacotinho de presente, embrulhadinho num rolinho, lindo!

Hoje, há quase um ano depois só posso dizer que sou abençoada por poder viver essa relação incrível que é Ser Mãe.

 

Ser mãe é desdobrar fibra por fibra o coração!

Ser mãe é ter no alheio lábio que suga, o pedestal do seio, onde a vida, onde o amor, cantando, vibra.

Ser mãe é ser um anjo que se libra sobre um berço dormindo!É ser anseio, é ser temeridade, é ser receio, é ser força que os males equilibra!

Todo o bem que a mãe goza é bem do filho, espelho em que se mira afortunada, luz que lhe põe nos olhos novo brilho!

Ser mãe é andar chorando num sorriso!Ser mãe é ter um mundo e não ter nada!Ser mãe é padecer num paraíso!

 

O poema acima foi escrito por Coelho Neto e expressa muito bem essa nova função que desempenharei até o meu último suspiro.E vai mais uma vez a dica – Sejam mães!

 

Beijo e bom fim de semana!

 

Maine

2 Respostas to “Em uma sexta-feira…”

  1. Shirlei Marina Says:

    Mainezoca linda, maravilhoso o seu texto e emocionante! Fico emocionada porque te conheço e também toda a sua família. Realmente poder participar desse momento que foi a chegada do Pedrinho foi incrível! E agora ele vai fazer um ano… minha nossa. Já deixo aqui um pouquinho adiantado os meus desejos de felicidades, amor, alegria, tudo de melhor pra ele, pra você e pra essa linda família que você formou! Te adoro muito… vc sabe. beijos.

  2. Reebok Says:

    Olá Equipe de Da Nossa janela, boa tarde!

    Sou William Arcari, da equipe de assessoria online da campanha Reebok Classic. Gostaria de deixar em vosso calendário de festas, a data e local que vai acontecer a super balada “Reebok Classics Party”.
    Data: 29 Outubro
    Local: Sonique Bar (Rua Bela Cintra, 461 consolação – São Paulo)
    *A Reebok oferece ainda a oportunidade de ir nesta balada de graça e com um acompanhante, participando da promoção “caça ao tesouro” em parceria com a MTV Brasil. Basta se cadastrar no site e seguir as dicas no Twitter.
    Twitter da promoção: http://twitter.com/reebok_classic
    Página de cadastro: http://www.reebok.com.br/classic/#/cadastro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: